segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Sardinhas (em lata) caseira


Esta sardinha é feita o mais simples possível para que vire uma espécie de ingrediente "coringa" para várias outras receitas.
Imagino que substitua o atum, com louvor, em uma Mousse de Atum.
Eu usei algo em torno de 2 kg de sardinhas pesadas inteiras, antes de limpar.
Como fazer:
Retire as escamas passando uma faca no sentido contrário (elas saem facilmente).
Lave em água corrente.
Retire e descarte as cabeças e vísceras das sardinhas e, se as sardinhas forem graúdas, retire também a espinha central (quando pequenas eu não retiro, pois com o cozimento ela fica desmanchando e é uma rica fonte de cálcio).
Corte a ponta do rabo e as barbatanas com uma faca afiada ou tesoura de cozinha e descarte.
Use uma panela de pressão de tamanho proporcional à quantidade de sardinhas, de modo que você consiga fazer algumas camadas (eu fiz 3).
Cubra o fundo da panela com azeite e arrume as sardinhas (fechadas), uma bem junto da outra, forrando todo o fundo da panela.
Polvilhe as sardinhas com sal. Se quiser acrescentar outros temperos, faça-o agora.
Repita as camadas até terminarem as sardinhas.
Por fim, regue tudo com aproximadamente 1/4 de xícara de vinagre de vinho branco e 1/2 xícara de azeite.
Esta quantidade de vinagre e azeite deve ser suficiente para chegar até a última camada de cima das sardinhas.
Esta última camada não precisa ficar submersa no líquido basta que você consiga ver que o líquido chegou à base da última camada.
Se esta quantidade não for suficiente, aumente-a sempre na proporção de 1 parte de vinagre para 2 de azeite.
Há quem prefira usar meio a meio, mas eu prefiro menos "vinagrada".
Tampe a panela de pressão e leve ao fogo médio-alto até começar a apitar.
Baixe o fogo para bem brando (bem baixinho mesmo) e marque uma hora (após o apito).
Passado este tempo, desligue o fogo e deixe a panela tampada até esfriar completamente.
Abra a panela e retire as sardinhas (que estarão inteirinhas) e arrume em uma vasilha, ou em potinhos pequenos, junto com o caldo que terá se formado.
NOTA:
Embora estas sardinhas sejam intituladas "em conserva", não as deixo muito tempo na geladeira, nem sei quanto tempo durariam. Acho mais seguro embalar em potinhos pequenos e congelar.

Fonte: receitas na rede

0 comentários:

Meus Selinhos, Meus Prêmios...

  ©Template Culinária da Ligia by Silmara Layouts