quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Sobre o azeite de oliva

Saiba como tirar proveito deste ingrediente que agrega sabor e saúde ao seu prato.
Algumas definições:
O azeite extra virgem é o azeite obtido a partir da azeitona somente por processos mecânicos e físicos. Não se usa qualquer processo químico. É obtido somente por pressão sobre a azeitona, em temperatura adequada para não afetar sua qualidade.
Dentre os óleos vegetais, o azeite de oliva é o único que pode ser consumido sem qualquer tratamento. Os óleos obtidos a partir de grãos, como soja, girassol, milho, precisam depois de processados passarem por refinação.
O azeite de oliva extra virgem é o mais nobre de todos, o que justifica seu preço elevado. Tem um grau de pureza maior, pois é obtido da primeira prensa da azeitona. Para que todo o aroma e sabor sejam aproveitados, é indicado para temperar alimentos crus ou prontos.
O azeite de oliva virgem é extraído da segunda ou terceira prensagem do fruto. Por isso, perde um pouco o sabor característico e costuma ser levemente adocicado. É mais indicado para cozinhar.
A qualidade do azeite de oliva:
A qualidade é definida pelos diferentes tipos de azeitonas usadas (o que inclusive caracteriza seu sabor, mais suave ou mais picante) e fatores como solo, climáticas, altitude e cuidados no processamento, armazenamento e transporte.
Como armazenar corretamente:
O azeite de oliva tem um período de validade de até um ano e meio, mas para manter suas qualidades é preciso tomar alguns cuidados:
- Conserve o azeite de oliva em temperatura ambiente.
- Depois de abertas, mantenha as embalagens sempre fechadas, impedindo o contato com o ar.
- Guarde a embalagem em armários fechados, protegendo o azeite de oliva da luz, principalmente no caso de embalagens de plástico ou vidro.
Uso do azeite de oliva na confeitaria:
Usado no preparo de bolos, pães e biscoitos, o azeite de oliva melhora sensivelmente o perfil de gorduras e de colesterol, principalmente quando se compara com o uso da manteiga. Primeiro porque é necessário menos azeite do que manteiga, diminuindo assim a quantidade de gordura. Com a vantagem de não prejudicar o resultado da receita. Ao contrario, acaba melhorando.
Equivalência da manteiga e do azeite de oliva:
Manteiga = Azeite de oliva
1 colher de chá = ¾ de colher de chá
1 colher de sopa = ½ colher de sopa
¼ de copo = 3 colheres de sopa
1/3 de copo = ¼ de copo
½ copo = ¼ de copo + 2 colheres de sopa
2/3 de copo = ½ copo
¾ de copo = ½ copo + 1 colher de sopa
1 copo = ¾ de copo
Fonte: Revista Menu.

0 comentários:

Meus Selinhos, Meus Prêmios...

  ©Template Culinária da Ligia by Silmara Layouts